Jornal Cruzeiro do Sul


16/09/14 | Sorocaba SP

Materia

  • Imprimir
  • Enviar
| PESQUEIROS

Diversão com piscina, campo de futebol, chalés. E peixes

 

Cidades vizinhas de Sorocaba, como Mairinque, São Roque e Tapiraí, que até dispõem de atrativos turísticos, também descobriram, há uns 15 anos, o turismo de pesqueiros. Os empreendimentos são procurados principalmente aos finais de semana, por pessoas que, quase sempre, trabalham em profissões estressantes, e buscam no silêncio da pesca o descanso merecido. E para atrair a família do pescador, estes estabelecimentos se aprimoraram. Hoje há empreendimentos com piscinas até aquecidas, pacotes para a Lua de Mel e Fazendinhas para as crianças.

 

Fatos que têm contribuído para a concorrência. Quem tiver mais atrativos, valores promocionais, arrebanha clientes. É o caso do Centro de Pesca Taquari, em São Roque. O local existe há 14 anos e dispõe de dois lagos, um deles com 21 mil metros quadrados e um segundo com 5 mil m2. Dentro destes lagos há peixes como dourados, pintados, tambaquis, carpas, tilápias e catfishs que variam de 5 a 40 quilos. De acordo com o gerente, José Roberto de Oliveira, a pesca é esportiva. Ou seja, o pescador paga R$ 27,90 somente para pescar e devolver o peixe ao lago.

 

"Claro que se ele quiser levar o peixe, ele paga pelo peso e leva", observa Oliveira. O esporte pode ser desenvolvido no local das 7h às 18h, com a disponibilização do restaurante local e uma loja, com acessórios de pesca para compra e locação de materiais. Mas se o pescador quiser levar a família, é possível se hospedar em um dos 18 chalés, que abrigam até 3 pessoas cada. Somente os hóspedes podem utilizar a piscina e, para eles, o restaurante funciona até às 20h30. "Temos movimento todos os dias, mas os finais de semana são mais cheios. O público é mais masculino, mas quase sempre trazem as famílias", diz.

 

Já o empresário Alberto de Figueiredo, de 77 anos, tem orgulho em afirmar que iniciou o segmento na região sorocabana com seu Pesqueiro e Hotel Fazenda Encontro das Águas, em Tapiraí, há 25 anos. Lá ele dispõe de 24 alqueires de mata e quatro tanques de peixes como tilápia, traíra, cará e lambari. O sistema é "pesque e solte" e custa R$ 45 do nascer do sol ao anoitecer, com almoço incluso. Detalhe que, por esse valor, a pessoa pode usufruir dos quatro salões de jogos, das quatro piscinas, do campo de futebol e das trilhas ecológicas que existem por lá, com cachoeiras.

 

Mas o empresário também dispõe de 36 chalés e nove apartamentos que abrigam até 8 pessoas. Doze chalés são, inclusive, voltados para Lua de Mel. Basta agendamento antecipado. A hospedagem é de R$ 120 por pessoa, valendo o dia e a pernoite, com alimentação. "Nosso espaço é pitoresco. Recebemos muitas famílias, nosso público alvo. Mas também recebemos grupos de estudantes, com agendamento prévio", aconselha.

 

O Pesqueiro Tio Oscar, existente há 12 anos, em Mairinque, já conta com um lago principal de 31 mil m2 e mais três lagos com 5 mil m2 cada. Lá, peixes como tambacus, pacus, cacharas, bagres e piraputangas chegam a até 40 quilos, dependendo da espécie. "São 60 toneladas de peixes, com média de 25 quilos. Chamamos o pesqueiro de morada de peixes grandes", defende a proprietária Elza Maria Cintra. Para se divertir pescando a taxa é de R$ 27,80 para os homens e R$ 14,50 para as mulheres, das 7h às 18h. Durante a semana, a taxa inclui uma marmitex ao pescador. Há uma loja de acessório de pescas.

 

No local há também hospedagem em 35 chalés, além de piscinas aquecidas e cobertas, toboágua, fazendinha, trem, monitores para as crianças. A diária é de R$ 180 por pessoa, sendo que para casais sai por R$ 350. Mas segundo Elza, o público do pesqueiro é variado. O empreendimento recebe desde pescadores profissionais até grupos de escola para aulas de pedagogia e meio ambiente, e grupos da Terceira Idade, que fazem visitas acompanhados. "Muitas pessoas vêm até o pesqueiro apenas para comer em nosso restaurante. Temos muitos pratos com peixes", avisa.

 

Para informações sobre o Pesqueiro e Hotel Fazenda Encontro das Águas acesse www.encontrodasaguas.com.br; para informações do Pesqueiro Tio Oscar acesse www.tiooscar.com.br; e para entrar em contato com o Centro de Pesca Taquari, acesse www.centrodepescataquari.com.br.

 

Notícia publicada na edição de 10/04/12 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 002 do caderno Turismo - o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.

Publicidade

Publicidade

comments powered by Disqus



cruzeirodosul.inf.br

Desenvolvimento:

Jornal Cruzeiro do Sul - Direitos Reservados

Faça uma assinatura

Por que ".inf.br"?

Os domínios ".inf.br" destinam-se a meios de informação, como rádios, jornais, bibliotecas, etc.

Acessar a versão móvel