Jornal Cruzeiro do Sul


18/09/14 | Sorocaba SP

Materia

  • Imprimir
  • Enviar
| CAMPANHA RECUPERE SEU CRÉDITO

Mais de 900 vão à praça para limpar o nome

Parcelamento especial e redução de juros vão até 6ªf
Carolina Santana
carolina.santana@jcruzeiro.com.br

Pelo menos 959 atendimentos foram realizados no primeiro dia da campanha "Recupere seu Crédito", promovida pela Associação Comercial de Sorocaba (Acso). Uma estrutura foi montada na praça Coronel Fernandes Prestes para os consumidores consultarem possíveis pendências com dívidas e fazer a negociação do pagamento. Durante a campanha, que segue até sexta-feira, serão oferecidas condições especiais de parcelamento e redução de juros. Os atendimentos na praça seguem até as 17h de quinta-feira. Na sexta-feira, os interessados podem procurar as lojas participantes ou ir direito na Acso, que fica na Rua da Penha, 535, no Centro.

São mais de 800 lojas participantes do mutirão da recuperação do crédito. Na estrutura montada na praça central também há estandes das Casas Bahia, CPFL, Saae, Caixa Econômica Federal (CEF), Bradesco, Finamax e Sorocred. "Fazemos a consulta do nome da pessoa. Se houver alguma pendência encaminhamos para a negociação", explicou a supervisora de marketing da associação, Mariana Camargo. O objetivo principal da ação é que as pessoas deixem a lista negra do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) e voltem a consumir.

O nome no SCPC impediu a aposentada Hercilha Camargo Oliveira, 65, de comprar móveis a prazo. Ela conta que emprestou o nome para várias pessoas incluindo os filhos e uma vizinha. "O marido da vizinha perdeu o emprego e meu nome foi para o brejo", lamenta ela. Assim, há mais de um ano Hercilha tem restrições para compras a prazo. Durante esse período, conta, aprendeu a economizar pois só conseguia adquirir as coisas pagando à vista.

Hercilha ficou sabendo da campanha por meio de anúncios publicitários mas como não sabia exatamente em que loja estava negativada esperou o início do mutirão na praça central. "Meu marido me lembrou e vim ver como estão as coisas", comentou. Uma pendência foi encontrada junto ao banco Bradesco e a aposentada foi imediatamente encaminhada para a negociação da dívida. "Agora vamos ajeitar as coisas e nunca mais vou emprestar meu nome", promete.
 
Débito de luz
 
Também aposentado, Wagner de Abreu foi procurar orientação sobre sua conta de luz. Em dívida com a concessionária CPFL Piratininga, Wagner conta que não conseguirá honrar a segunda prestação de uma negociação já realizada. "Eu tenho dois filhos na faculdade e uma porção de empréstimos que estou quitando. Não consegui honrar todas as dívidas", afirma ele.

A preocupação em negociar a dívida com a CPFL é para não ficar sem o fornecimento de energia em sua residência, diz ele. A negativação no nome aconteceu por conta de um cheque dado para pagar a lápide do túmulo da mãe. "Eu dei uma entrada e dois cheques pré-datados. O serviço não ficou bom e eu devolvi a lápide mas o cara protestou meus cheques mesmo assim", lamenta.

Além dos atendimentos e negociação dos débitos, a Acso montou na praça um espaço para realização de palestras sobre orientação financeiras. São palestras rápidas, de, no máximo, 20 minutos. As inscrições são feitas no local. Mais informações pelo telefone (15) 33311003 ou no site www.acso.com.br
Notícia publicada na edição de 09/05/12 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 1 do caderno B - o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.

Publicidade

Publicidade

comments powered by Disqus



cruzeirodosul.inf.br

Desenvolvimento:

Jornal Cruzeiro do Sul - Direitos Reservados

Faça uma assinatura

Por que ".inf.br"?

Os domínios ".inf.br" destinam-se a meios de informação, como rádios, jornais, bibliotecas, etc.

Acessar a versão móvel