Jornal Cruzeiro do Sul


24/10/14 | Sorocaba SP

Materia

  • Imprimir
  • Enviar
| LUCRO

Clubes paulistas aumentaram as receitas em 2012

Além de títulos, os quatro grandes clubes de São Paulo colecionaram lucro em 2012. O ano passado não foi marcado apenas pelo fato de Corinthians, Santos, Palmeiras e São Paulo terem conquistado pelo menos uma taça cada na temporada (algo raro de acontecer), mas também pelo superávit no balanço financeiro do quarteto, segundo dados da consultoria BDO.

 

Campeão do mundo e da Copa Libertadores, o Corinthians teve o seu melhor ano da história e puxou a fila com R$ 358,5 milhões de receita, ante R$ 290,5 milhões do ano anterior. O lucro também foi maior, saltando de R$ 5,32 milhões em 2011 para R$ 7,5 milhões.

 

O São Paulo foi o segundo colocado, com R$ 282,9 milhões. Nesse montante não estão incluídos os mais de R$ 100 milhões obtidos com a venda de Lucas para o Paris Saint-Germain, que serão lançados apenas no balanço deste ano. Assim, o clube do Morumbi fechou 2012 com lucro de R$ 800 mil -- em 2011 o superávit foi de R$ 200 mil.

 

Na sequência vem o Palmeiras, que chegou à receita total de R$ 241,2 milhões porque registrou no seu balanço R$ 57,93 milhões investidos pela WTorre na reforma do Palestra Itália. É o que os economistas chamam de "receita contábil" e não "receita operacional". Se não fosse esse montante, o Palmeiras teria tido prejuízo de mais de R$ 25 milhões, resultado de um temporada marcada por altos e baixos.

 

O Santos registrou aumento na receita bem próximo da inflação, de R$ 189,1 milhões para R$ 197,8 milhões, mas o superávit foi significativo (R$ 14,6 milhões).

 

Notícia publicada na edição de 03/05/13 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 003 do caderno D - o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.

Publicidade

Publicidade

comments powered by Disqus



cruzeirodosul.inf.br

Desenvolvimento:

Jornal Cruzeiro do Sul - Direitos Reservados

Faça uma assinatura

Por que ".inf.br"?

Os domínios ".inf.br" destinam-se a meios de informação, como rádios, jornais, bibliotecas, etc.

Acessar a versão móvel